Home Destaque WhataF..!! Review Mr. Robot

WhataF..!! Review Mr. Robot

mrrobot_keyart_s1

Incrivelmente esse tem sido um bom ano para descobrir novas séries, sim eu sei que sou meio empolgado demais e até mesmo fácil de agradar, no que diz respeito a entretenimento. Mas curiosamente tenho assistido séries que conseguiram me “prender” a elas.

Não sou um cara que vai pela modinha, não assisti LOST, não assisti Breaking Bad, e provavelmente você deve estar pensando em desistir desse texto, mas antes, deixe-me falar de uma serie que talvez agrade você.

Bom, imagine, que você entra numa cafeteria, pede seu expresso, pega um revista qualquer e começa a mexer em seu tablet ou celular, a porta da cafeteria se abre, e um jovem homem aparentando seus 40 anos entra pela porta, logo aparece uma mulher pra lhe entregar o café, ele nem ao menos foi ao balcão pedir. Então você se dá conta que ele é dono daquela cafeteria, uma cafeteria que tem 17 lojas e está pra se expandir mais ainda. o homem se senta à mesa e começa a ler alguma coisa, nisso um jovem se senta a frente dele e começam a conversar.

Elliot-Talk

Tudo parece casual, mas você não se dá conta que o dono da Cafeteria é responsável por uma rede de pedofilia, o wifi da cafeteria, que você usa nesse momento, pra ver sua notificações do Facebook, é tão potente poque é daí que esse homem entrega a pornografia infantil pra milhares de usuário.

O jovem que sentou à frente desse homem, despeja de uma unica vez tudo que sabe sobre esse negócios escusos, o homem se sente acuado, sabe que pode ser preso se for denunciado, num primeiro momento ele recusa-se pagar pelo silencio do jovem, pois sabe que assim que receber fará a denuncia.

O jovem se levanta e se dirige a porta, o homem desesperado diz que pagará qualquer que seja o valor, o Jovem olha pra ele e diz “Não dou a mínima para o dinheiro”. Ele sai enquanto a policia chega.

elliot-sai

Assim começa o piloto de Mr. Robot uma série americana da USA Network, trata-se de um triller High-tech, que flerta com o drama, suspense, ficção-cientifica. Bom na verdade não dá pra ter certeza de como definir o programa, mas tem uma coisa é certa Mr. Robot vai prender você!
A trama se prende ao personagem principal Elliot (Rami Malek de Uma Noite no Museu). Elliot é um cara estranho de olhos esbugalhados, que fala pausadamente, que parece sempre desconfortável, como se fosse uma peça fora do lugar, sem contar sua dificuldade de socializar. Mas Elliot é muito mais que isso ele é um gênio do computador. Durante o dia ele é um simples trabalhador de uma empresa de segurança cibernética, e a noite ele é quase um justiceiro Hacker!

Elliot está longe de ser um herói ou protagonista padrão, ele tem problemas e problemas sérios, é possível ver isso através de seu vicio em morfina, suas sessões de terapia, e pelo fato de qualquer pessoa que cruza seu caminho acaba sendo investigado por ele, e não há nada que ele não descubra.

Ele trava uma luta silenciosa e solitária contra uma mega corporação chamada de “Evil Corp”, cara isso é tão óbvio que chega a ser engraçado. E isso o leva a desenvolver uma possível paranoia, pois pra onde quer que vá, se vê seguido por misteriosos homens de preto.

lead_960

A trama ganha corpo quando Elliot, frusta um ataque a E Corp, e descobre que foi causado por um grupo quase auto denomina de “FSociety”, então Mr. Robot um misterioso personagem vivido por Christian Slate, cruza o caminho de Elliot e o recruta como um militante da FSociety e fazer parte de uma revolução.

Mas Elliot começa a descobrir que nem tudo é exatamente o que aparenta ser e se vê em meio a uma encruzilhada.

mrr_christian_gallery_13

A produção e toda parte técnica estão em perfeita sincronia, porque você não as percebe, elas não roubam a sua atenção, tudo converge para o que realmente importa, a trama. Até mesmo quando ela brinca com você mostrando cartazes que dizem ” O Mal Sempre Vence”, isso não te arranca da trama.

Boa parte do que faz essa série especial é a interpretação de Malek, ele convence com seu Elliot, um personagem que oscila entre herói e anti-herói e é enriquecido pelas suas neuroses, paranoias e psicoses. Ele é sem dúvida um dos personagens mais interessantes que vi nas séries que assisti até agora. É fácil “comprar” sua história, pode ser pelo fato de sermos sua testemunha ocular, não só dos fatos que acontecem, mas também por testemunharmos o que se passa diretamente em sua mente.

A série sabe disso e também brinca conosco usando esses recursos, em um dos momentos mais interessantes do piloto, Elliot olha diretamente pra você e te diz: ” Por favor, me diga que você também está vendo isso”.

Elliot_Encara

Mr. Robot está na minha lista de favoritos desse ano e acredito que não vá sair tão cedo dela.

Kleber Ivo designer e desenhista. Gosta de ler, desenhar, ouvir musica, tocar baixo/guitarra, cinema. séries e adora o mundo dos quadrinhos e afins.