Home Cinema Review Advantageous – uma ficção científica que você deveria ver

Review Advantageous – uma ficção científica que você deveria ver

0 4010

15301-1-1100

Hoje vou fazer um review de um filme que passaria despercebido tranquilamente por mim. Primeiramente porque não é um filme que recebeu algum tipo de divulgação massiva, tão pouco é um blockbuster de ação, mas pra minha surpresa é uma boa ficção científica.

Estou falando do filme “Advantageous” de 2015 da Diretora Jeniffer Phang e que está disponível no Netflix.
A sinopse diz o seguinte: “Em um futuro próximo em que as dificuldades econômicas são ofuscadas, Gwen (Jacqueline Kim) e sua filha, Jules, fazem o possível para manter a alegria perante a instabilidade do mundo. Gwen é a porta-voz de uma tecnologia radical que permite que as pessoas superem suas desvantagens naturais e comecem uma nova vida. Com seu trabalho e vida ameaçada, a pergunta é se Gwen irá ou não se submeter ao procedimento”.

A sinopse não ajuda muito a entender a proposta do filme, porque ela mostra pouco sobre o drama que envolve a história.

Desde o começo do filme somos apresentados a tecnologia avançada desse mundo, as pessoas usam telefones praticamente invisíveis, existem vídeo conferências feitas através de hologramas, mas tudo isso é mostrado de forma sutil.

O filme deixa subentendido que as ofertas de empregos são bem escassas, já que muitos trabalhos foram automatizados, a polícia por exemplo, é totalmente robótica e o patrulhamento é feito por drones, até funções primordiais para os seres humanos, tais como Professor, foram substituídas por alta tecnologia; em certo momento a protagonista fica surpresa ao perceber que um serviço que ela usa é feito por um ser humano. Além disso a grande quantidade de arranha-céus, deixa claro que há uma super-população.

As mulheres são as mais afetadas nesse mundo, pois ao chegarem a uma certa idade, são demitidas e passam a não conseguir uma recolocação profissional. As corporações passam a demiti-las pois, segundo a sua lógica, mesmo que essas cheguem a uma situação de miséria, não ser tornam violentas como os homens, quando chegam a mesma situação.

Advantegous-1

Existem algumas cenas que mostram bem a situação da mulher nesse mundo. Em uma delas ouve-se uma notícia de que a prostituição infantil apresenta uma crescimento alarmante, numa segunda tomada, a protagonista do filme está num parque, sentada num banco, quando ao fundo, se aproxima uma mulher com roupas bem provocativas mas usando uma máscara, essa mulher se colocam atrás de uma arvore e passa a trocar as roupas por outras mais comuns, ela tira a máscara e vemos que é apenas uma adolescente.


Em outro momento a protagonista encontra uma menina deitada em um jardim, num estado claro de abandono.

Gwen Koh é a protagonista desse drama, uma mãe solteira com uma filha de 13 anos, que vive em um centro urbano genérico que se assemelha a Nova York. Gwen é “porta voz” do Centro de Saúde Avançada e de Bem-estar, uma empresa que oferece tratamentos de saúde e beleza da próxima geração.

advantageous-jaqueline-kim

Quando sua segurança no emprego está ameaçada – o Centro decide que ela se parece muito velha e precisa de alguém com uma aparência melhor – Gwen se vê em uma situação limite onde sua única solução, pra fugir da miséria, é aceitar ser submetida a tratamentos experimentais, a fim de ganhar dinheiro suficiente para manter sua filha em uma escola de prestígio. Só que as repercussões dessa decisão serão irrevogáveis.

Advantageous_Still_-_Samantha_Kim_3

Advantageous é um critica clara ao mundo que estamos criando e também ao atual momento em que vivemos, onde uma pessoa é julgada pelo seu valor estético e não por seu potencial. Onde as pessoas são levadas a tomar certas atitudes drásticas para poder garantir sua sobrevivência. Jennifer Phang usa o ponto de vista feminino pra construir essa critica ao nosso mundo, através da ficção científica.

Não é um filme pra qualquer um, é basicamente fundamentado em diálogos, tem ritmo lento e seus efeitos especiais são apenas um instrumento da narrativa, mas se você tiver um pouco de boa fé, vai ter uma ótima experiência.

Kleber Ivo designer e desenhista. Gosta de ler, desenhar, ouvir musica, tocar baixo/guitarra, cinema. séries e adora o mundo dos quadrinhos e afins.