Home Colunas GoriLista

0 1699

Que ódio de fazer esta postagem… jogos irritantes e viciantes, é isso que você vai encontrar por aqui, duvido você não gastar pelo menos 5 minutos em cada um deles!

pop-up

Pop Up
Faça a bolinha fugir das barreiras móveis

 

 

cube-mayhem

Cube Mayhem
Mova o cubo sem deixar que ele caia

 

 

shoot-em-in

Shoot’em In
Mire com precisão para fazer gols

 

 

 

frustration

Frustration
Use seu mouse para perder

 

 

 

pyro-jump

Pyro Jump
Faça a pequena chama queimar a boneca

 

 

grapple-cat

Grapple Cat
Fuja rapidamente dessa onda gigante!

 

 

surgeon-simulator-2013

Surgeon Simulator 2013
Vamos operar esse paciente?

 

 

swing-copters

Swing Copters
Tente chegar o mais alto possível sem ficar doido

 

 

swing-racer

Swing Racer
Mantenha o seu carro em movimento

 

 

arch-lenght

Arch Lenght
Balance até conseguir completar a fuga

0 2544
15 incríveis Comic Book artistas para seguir no Instagram

A tecnologia das comunicações tornou a conexão com o seu artista favorito de quadrinhos mais fácil do que nunca, seja fazendo perguntas no Tumblr ou twitando respostas sobre assuntos polêmicos. Entra o Instagram, a mais visual das redes sociais, onde os melhores artistas compartilham esboços e prévias de seus projetos mais recentes. Que melhor maneira de acabar com a ditadura das fotos de comida e selfies, do que combatê-las com um constante fluxo de artes impressionantes?

A plataforma também serve como uma vitrine para ver os maiores desenhistas, arte-finalistas e coloristas desta geração, desenhando personagens que eles não costumam desenhar. Com isso em mente, aqui está uma lista de 15 criadores fantásticos lançando bombas de arte em seus nervos ópticos.


 

Em alguns casos eles estão no início de carreira e aceitam qualquer papel sem poder exigir muito, em outros casos eles são amigos de um diretor, ator ou produtor e entram no projeto só pra dar uma força… e em outros casos –sem explicação – eles simplesmente topam pagar um mico e se prestam a papéis ridículos.

O fato é que a maioria dos grandes atores e atrizes já fizeram feio no cinema e nos presentearam com aquela magnífica sensação de vergonha alheia.

Vamos a alguns desses micos:

Mico 1

Al Pacino é um dos grandes monstros de Hollywood, o cara chegou há muito tempo na categoria de ícone e grande referência para muitos atores de várias gerações. Mas o que se passou na cabeça do astro de O Poderoso Chefão e Scarface para aceitar seu papel em Cada Um Têm a Gêmea Que Merece? Nesta “pérola” de Adam Sandler Al Pacino faz o papel dele mesmo (o que aumenta ainda mais o mico) se apaixonando por uma versão feminina do próprio Adam Sandler. Constrangedor é pouco para definir!

Mico 2

Não foi só Al Pacino que Adam Sandler colocou em maus lençóis, o que ele fez com Nicole Kidman em Esposa de Mentirinha também foi uma grande sacanagem. Kidman é uma grande atriz, ganhadora de Oscar e a cena dela numa disputa de hula hula com Jennifer Aniston é daquelas que nos deixam querendo que acabe logo para aliviar o sofrimento. Outra furada que Nicole Kidman se meteu foi na adaptação de A Feiticeira, em 2005.

Mico 3

Se tem um cara que topa qualquer coisa em Hollywood esse sujeito é Samuel L. Jackson. Ele já imortalizou personagens incríveis como o assassino Jules, de Pulp Fiction (1994) e o líder da S.H.I.E.L.D. Nick Fury em todos os filmes ligados ao universo de Os Vingadores. Mas nem sempre ele acerta a mão, o que dizer por exemplo do caricato vilão Octopus no péssimo filme The Spirit, em 2008? Mico gigante!

Mico 4

Um dos mais conceituados e versáteis atores do cinema nacional é Lázaro Ramos, o cara se sai muito bem em dramas mais pesados como Madame satã, comédias leves como O Homem Que Copiava e até já concorreu a um Emmy em 2007 por seu papel na novela Cobras & Lagartos. O que muita gente não sabe é que Lázaro estreou no cinema como o melhor amigo de Carla Perez no “clássico” Cinderela Baiana, filme de 1998 estrelado pela ex-dançarina.

Mico 5

O roqueiro Johnny Suede (1991) tem grandes chances de ser o pior personagem da trajetória de Brad Pitt. Se hoje Pitt é um dos astros mais bem pagos de Hollywood e casado com uma das mulheres mais lindas e cobiçada do mundo, houve épocas em que ele tinha que se contentar em ser um roqueiro frustrado cujo grande sonho era ter um par de sapatos de camurça preto, sim, é essa a história do filme… e pra piorar ele ainda precisava usar esse topete da foto!

Mico 6

Um pouco antes de ganhar o mundo com Os Embalos de Sábado a Noite, em 1977, o jovem astro John Travolta viveu um daqueles dramalhões baseados em fatos. Interpretando um jovem com problemas imunológicos Travolta passa o filme todo isolado de outros atores dentro de uma imensa cápsula no filme O Rapaz na Bolha de Plástico, de 1976. Não podemos deixar de lado também a “obra-prima” A Reconquista… quem viu, não tem como esquecer.

Mico 7

Realmente estamos todos em perigo, imagine só que um cientista maluco resolveu criar um exército de tomates mutantes guerreiros para conseguir dominar o mundo. Ainda bem que do lado da resistência está um rapaz de mullets e doido para pegar algumas garotinhas, e quem mais apropriado para ser um dos protagonistas desta obra prima que o grande astro George Clooney não é mesmo? O próprio ator faz piada com esse “sucesso” de 1988 e garante que O Retorno dos Tomates Assassinos não foi uma de suas melhores escolhas. Concordamos com ele!  Ah.. e como esquecer do Batman com mamilos heim Mr. Clooney?

Mico 8

A Mulher Gato, filme de 2004, é um fantasma que persegue a ganhadora do Oscar Halle Berry até hoje. Ninguém entende como uma atriz talentosa e da categoria de Berry tenha aceitado entrar nessa barca furada. Fracasso estrondoso de público e crítica.

Mico 9

Hoje Rodrigo Santoro é um dos atores latinos mais bem posicionados em Hollywood e com uma carreira em ascensão, mas o início do ator por aquelas bandas não foi dos mais fáceis. No filme As Panteras 2 – Detonando (2003), o personagem do ator é um surfista assistente da vilã vivida por Demi Moore e apesar de ser elogiado pelo trio protagonista (Cameron Diaz, Drew Barrymore e Lucy Liu) o personagem do ator entra mudo, sai calado e morre antes dos 30 minutos de filme.

Mico 10

Muito antes de conquistar Hollywood com a perseverante lutadora de boxe Maggie Fitzgerald de Menina de Ouro (2004) a atriz Hilary Swank viveu uma outra lutadora com bem menos carisma e sucesso. Ela foi a discípula do simpático Sr Miyagi (Pat Morita) em uma frustrada tentativa de reavivar a franquia Karate Kid, em 1993.

Mico 11

Imagina o Tony Stark protagonizando a seguinte cena: correndo de quatro e abanando o rabinho diante de um juiz em um tribunal! Pois é, Robert Downey Jr já nos fez passar por essa vergonha no filme Soltando os Cachorros, em 2006. Tá certo que na época o ator passava pro uma crise em sua carreira, mas será que não dava pra deixar essa “oportunidade” passar?

Mico 12

Um dos primeiros personagens de Angelina Jolie no cinema foi em 1993, no trash Cyborg 2. No filme ela é Cash, uma espécie de andróide criada em 2074 para seduzir suas vitimas e facilitar os planos de dominação da empresa que a criou. Ao comentar sobre esse filme em uma entrevista Jolie disse que depois de ver o resultado nas telas ela voltou para casa deprimida e com nojo. Deve ser bom heim?

Mico 13

O que esperar de um filme em que o protagonista é um porquinho de plástico? Pois é, com um astro como este a frente do elenco o longa Billi Pig, de 2010, não poderia prometer muito. Talvez seja a grande bomba da carreira de Selton Mello (protagonista de bons filmes como Lavoura Arcaica e O Auto da Compadecida) que parece estar bem desconfortável no papel do corretor de seguros falido Wanderley.

Mico 14

As Loucas Aventuras de James West, de 1999, prometia misturar ação, comédia, romance, ficção e faroeste alem de colocar lado a lado os astros Will Smith e Jackie Chan, tudo isso tendo a direção de Barry Sonnenfeld (responsável pela franquia Homens de Preto), pois é… prometia, mas não rolou. Nada funcionou bem e o filme que tinha a pretensão ser mais uma lucrativa franquia virou um grande mico na carreira de Will Smith.

Mico 15

A estréia de Robin Williams no cinema foi interpretando o conhecido marinheiro Popeye, em 1980. O filme busca captar todo o visual do desenho animado e isso o tornou caricato demais, a história é infantil, mas o filme é voltado para adultos… o resultado é um filme bobo, isso sem falar dos efeitos visuais precários até mesmo para a época. Ainda bem que esse filme de estréia não fechou as portas para Robin Williams e o ator pode provar seu talento em bons filmes como Bom Dia Vietnã e Sociedade dos Poetas Portos entre muitos outros.

Mico 16

O ganhador do Oscar Ben Kingsley é responsável por uma das maiores atuações da história do cinema ao se transformar no líder indiano Gandhi no clássico filme de 1982. Isso me faz pensar o que motiva um ator como esse a se humilhar em papéis degradantes como em O Ditador (2012), onde ele chega a lamber as axilas do General Aladeen (Sacha Baron Cohen) ou o guru indiano que instrui o personagem de Mike Meyers no filme O Guru do Amor.

Mico 17

Os netos de Robert De Niro devem ser fãs dos personagens Alceu e Dentinho, essa é a única explicação aceitável para que o astro de Taxi Driver e Touro Indomável aceitasse o papel do caricato vilão Fearless Leader no filme da famosa dupla, realizado em 2000 e que mistura animação com atores reais. O filme, como não poderia deixar de ser, se tornou um enorme fracasso… De Niro não precisava passar por isso.

Mico 18

Nicolas Cage já fez tantos filmes ruins que fica até difícil escolher somente um em que ele realmente paga um mico. Ele é uma espécie de Hors concour nessa categoria, mas pra simplificar um pouco vou citar apenas dois: Motoqueiro Fantasma (2007) e Aprendiz de Feiticeiro (2010)… pronto, escolha você mesmo qual desses dois é o pior.

Mico 19

No filme A Loja Mágica de Brinquedos (2007) Dustin Hoffman interpreta o Sr Magorium, um senhor de 243 anos que é dono da mais incrível loja de brinquedos do mundo. Na verdade o Sr Magorium é apenas uma versão mais velha e mais chata de Willy Wonka e Dustin Hoffman podia ter passado sem essa “cópia” em seu curriculum.

Mico 20

Se você é fã de Marlon Brando, o eterno Dom Corleone de O Poderoso Chefão é bom ficar bem longe de um filme chamado A Ilha do Dr Moreau (1996). No filme Marlon Brando vive um renomado geneticista que se isola em um ilha para fazer experiências com o DNA de humanos e animais e acaba criando criaturas assustadoras, mas talvez a criatura mais assustadora do filme é mesmo o veterano ator vivendo um papel no mínimo vexatório como prova a foto acima.

Hollywood adora transformar histórias reais em grandes produções, e não precisa ser necessariamente a história de uma grande personalidade, filmes como Um Sonho Possível e À Procura da Felicidade mostram que basta uma história inspiradora para termos um grande filme.

Algumas mulheres tiveram suas vidas transformadas em filmes: Evita Perón, Frida Khalo, Rainha Elizabeth e mais recentemente a Princesa Diana. No Brasil também tivemos algumas mulheres que inspiraram grandes produções: Olga Benário e Zuzu Angel.

Mas quero dar uma dica para os grandes estúdios agora, selecionei algumas mulheres que ainda não tiveram suas vidas adaptadas para o cinema em uma grande produção, mas que possuem histórias que merecem ser contadas.

Veja só:

mulher 1

Agnes Gonxha Bojaxhiu, ou simplesmente Madre Teresa de Calcutá, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz em 1979 por dedicar sua vida ao cuidado dos pobres. Morreu vitimada por um ataque cardíaco em 1997, aos 87 anos. Ela estava se preparando para uma missão religiosa em memória da Princesa Diana, sua grande amiga e morta um mês antes em um terrível acidente. Em 2004 foi beatificada pelo Papa João Paulo II.

mulher 2

Ganhar um prêmio Nobel já não deve ser fácil, imagine então ganhar dois? Esse feito foi conseguido pela primeira vez pela cientista franco-polonesa Marie Curie. O primeiro de seus prêmios foi um Nobel de Física, ganho (junto com seu marido Pierre) em 1903 por suas descobertas no ramo da radioatividade. Em 1911 ela conquistou a segunda honraria, desta vez um Nobel de Química pelas descobertas dos elementos rádio e polônio. Marie Curie morreu em 1934, aos 66 anos, devido a exposições constantes a radiação.

mulher 3

A brasileira Maria da Penha foi alvo de sucessivas violências domésticas provocadas por seu ex-marido. Durante anos ela tentou colocar na cadeia o homem que a tentou matar por duas vezes, e acabou por deixá-la em uma cadeira de rodas. Sua luta culminou com a criação de uma lei, sancionada em 2006, que leva seu nome e protege mulheres que sofrem algum tipo de violência em seu ambiente familiar.

mulher 4

Filha do cientista Adolfo Lutz, a bióloga Bertha Lutz foi a primeira mulher a lutar pelos direitos da mulher no Brasil. Através de sua luta as mulheres conseguiram o direito a voto no país em 1932. Em 1936 assumiu um mandato de Deputada Federal e lutou por igualdade de direitos e pela licença maternidade. Sua causa acabou atravessando fronteiras e lutou pelos direitos da mulher em países latino-americanos e até na África do Sul. Faleceu em 1976 com 82 anos.

mulher 5

Há algum tempo atrás os tratamentos psicológicos no Brasil se resumiam ao confinamento em clínicas que mais pareciam um circo de horrores. Nestas clinicas pacientes eram submetidos a eletrochoques, trabalhos forçados disfarçados de terapia ocupacional e até mesmo a retirada de algumas partes do cérebro. Indo contra esses métodos a psiquiatra alagoana Nise da Silveira se negava a fazer parte disto, e passou a introduzir trabalhos artísticos como modelagem e pintura aos seus pacientes obtendo êxito em seus tratamentos. Através disso ela revolucionou e modificou a psiquiatria praticada até então no país. Faleceu em 1999, aos 94 anos.

 

mulher 6

Primeira mulher a assumir o comando da Índia, Indira Gandhi teve coragem de enfrentar conflitos religiosos e mudar definitivamente o rumo de seu país. Indira começou a atuar na política aos 40 anos, quando seu pai, Nehru, se tornou presidente do Congresso. Ocupou o cargo de Primeira-Ministra por duas vezes (1966 e 1980), nacionalizou os bancos e investiu fortemente na agricultura, transformando a economia do país. Devido aos conflitos religiosos foi assassinada em 1984.

mulher 7

Simone de Beauvoir foi uma mulher bem a frente de seu tempo. Escritora e Filósofa ela manteve durante anos um romance aberto a com o também escritor Jean-Paul Sartre, ambos se amavam e ao mesmo tempo mantinham relacionamentos com outras pessoas. Se um relacionamento assim já causa espanto nos dias de hoje, imagine então nos anos 40, 50… Em suas obras literárias a escritora fazia questão de dar ênfase à liberdade individual e ao papel da mulher na sociedade. Faleceu de pneumonia aos 78 anos, em 1986 e foi sepultada no mesmo túmulo de seu grande amor Jean-Paul Sartre, falecido em 1980.

 

mulher 8

Grace Kelly viveu um conto de fadas com um final inesperado durante sua vida. Ainda jovem alcançou a fama e se tornou uma estrela de cinema contracenando ao lado de astros como Gary Cooper e se tornando uma das atrizes preferidas do diretor Alfred Hitchcock. A fama levou Grace ao Festival de Cannes e lá conheceu o Principe Rainier III, ambos se apaixonaram e logo se casaram em um dos eventos mais festejados da história. A atriz de Hollywood se tornava Princesa de Mônaco. Infelizmente um trágico acidente colocou um ponto final cruel a esse conto de fadas, o carro a princesa se desgovernou e caiu em um penhasco matando Grace Kelly aos 52 anos.

 

mulher 9

Em 1955 a costureira negra Rosa Parks se negou a ceder o seu lugar a um homem branco no ônibus onde estava e acendeu o estopim de um movimento que mudaria o rumo da história. Seu gesto provocou a ira de racistas e repercutiu entre a sociedade negra que logo a elegeu como um de seus símbolos na luta por direitos civis igualitários. Sua atitude fez com que o pastor Martin Luther King erguesse sua voz e liderasse a luta dos negros por seus direitos; juntos, Luther King e Rosa Parks conseguiram mudar a vida de negros no mundo todo. Rosa faleceu em 2005, de mal de Alzheimer.

mulher 10

Provavelmente você nunca ouviu falar de Oseola McCarty, pois prepare-se para conhecer uma das mulheres mais inspiradoras que já existiram. Desde muito jovem Oseola foi instruída por sua mãe a poupar seu dinheiro. Por causa das dificuldades ela teve que abandonar seus estudos e trabalhar como lavadeira junto com sua mãe, sua avó e uma tia, colocando tudo o que ganhava em uma poupança. O tempo passou, sua família toda morreu e Oseola viveu o resto de sua vida de maneira humilde e solitária. Chegando a velhice Oseola se reuniu com o gerente de seu banco e comunicou que gostaria de doar sua poupança a algum fundo que cuidasse da educação de pessoas que, assim como ela, não tivessem condição para bancar seus estudos. O gerente se surpreendeu quando descobriu que Oseola havia juntado mais de US$150.000 e que agora iria simplesmente doar tudo o que tinha. Aos 88 anos ela foi considerada Benemérita da Universidade do Mississippi, aos 90 recebeu um diploma honorário de doutorado da Universidade de Harvard e uma Medalha das mãos do presidente Bill Clinton. No ano seguinte (1999) Oseola faleceu aos 91 anos.

mulher 11

Em 2013 um exposição celebrando o centenário da artista plástica Tomie Ohtake reuniu cerca de 80 obras no instituto que leva o nome da artista. Um detalhe: a própria Tomie esteve presente na exposição e expondo obras novas já que aos 100 anos a artista japonesa naturalizada brasileira ainda continua na ativa. Tomie Ohtake tem uma carreira inspiradora, já ganhou mais de 25 prêmios e participou de mais de 100 exposições, sendo reconhecida no mundo todo!

mulher 12

Helen Keller é a maior prova de que nenhum tipo de deficiência pode impedir alguém de conseguir o reconhecimento. Ainda muito jovem Keller sofreu de uma doença que a fez ficar cega e surda, mesmo assim ela se tornou uma reconhecida escritora, conferencista e uma ativista social que lutou em favor de pessoas portadoras de deficiência. Ao longo da vida recebeu dezenas de títulos honorários e condecorações pelo mundo todo. Faleceu em 1968, aos 87 anos.

mulher 13

Exemplo de mulher moderna, talentosa, independente e a frente de seu tempo a pintora Tarsila do Amaral se tornou um dos principais nomes do Modernismo e uma das responsáveis pela Semana de 22, um evento que mudou a maneira de se fazer de se enxergar a arte no Brasil. Reconhecida no mundo todo por sua arte e por sua atitude, Tarsila é até hoje um dos maiores nomes da cultura brasileira. Faleceu em 1973, aos 86 anos e sofrendo de profunda depressão.

 

mulher 14

A baiana Anna Nery foi pioneira da enfermagem no Brasil. Viúva aos 30 anos e mãe de três filhos Anna Nery viu dois de seus filhos se embrenharem na Guerra do Paraguai, em 1864. Anna pediu autorização do presidente da província da Bahia para seguir junto com seus filhos para guerra e prestar serviços voluntários em hospitais do Rio Grande do Sul, Anna foi autorizada e seguiu atrás de seus filhos. Prestou serviços ininterruptos em vários hospitais e viu um de seus filhos morrer em combate. Com o final da guerra Anna regressou a sua cidade e recebeu uma série de homenagens, em 1870 o imperador Dom Pedro II concedeu uma pensão vitalícia a ela. Faleceu em 1880, aos 66 anos e em 1923 a primeira escola de enfermagem do Brasil recebeu seu nome.

 

O Oscar 2014 será entregue no próximo fim de semana, e desde que os principais concorrentes foram anunciados os fãs de cinema tem feito suas apostas e torcido por seus favoritos. No entanto as escolhas nem sempre são justas e não foram poucas as vezes em que as escolhas dos membros da Academia decepcionaram fãs e astros da sétima arte… Nesta lista vamos falar sobre algumas dessas decepções, confira:

Oscar 1

Obra prima do cineasta Orson Wells, Cidadão Kane é o filme número um de muitas listas respeitadas sobre os melhores filmes de todos os tempos. No entanto em 1941 o filme perdeu o Oscar de Melhor Filme para o comum Como Era Verde o Meu Vale, que acabou esquecido pelo tempo.

Oscar 2

Uma comédia bobinha que ninguém mais se lembra hoje em dia conseguiu o feito de desbancar dois épicos em 1957! Os Dez mandamentos, trazendo Charlton Heston em uma atuação primorosa como Moisés e Assim caminha a Humanidade, um dos maiores clássicos de todos os tempos, com Rock Hudson, Elizabeth Taylor e James Dean tiverem que engolir o prêmio de Melhor Filme ser entregue para A Volta ao Mundo em 80 Dias.

Oscar 3

Alguns dos maiores gênios do cinema morreram tendo construído uma carreira brilhante e sem ter conquistado uma estatueta de Melhor Diretor. Charles Chaplin é considerado uma das figuras que representam a sétima arte até hoje em dia, realizou clássicos como: Luzes da Cidade (1931), Tempos Modernos (1936) e O Grande Ditador (1940). Stanley Kubrick foi responsável por grandes clássicos do cinema como: Spartacus (1960), Laranja Mecânica (1971) e O Iluminado (1980). Para completar o time, Alfred Hitchcock, mestre do suspense e realizador de filmes inesquecíveis como: Janela Indiscreta (1954), Psicose (1960) e Os Pássaros (1963).

Oscar 4

Laranja Mecânica é um dos filmes mais injustiçados de toda história do Oscar. Em 1971 o longa de Stanley Kubrick concorreu em quatro categorias (Melhor Filme, Diretor, Edição e Roteiro adaptado) perdeu todas elas para o mesmo filme: Operação França! Laranja Mecânica não ganhou nenhuma estatueta, mas entrou para a história do cinema, já Operação França… alguém se lembra?

Oscar 5

Tenho uma grande simpatia por Rocky Balboa, acho um grande filme e sem duvida um início marcante de Sylvester Stallone na indústria cinematográfica, mas… em 1977 o prêmio de Melhor Filme deveria ter sido entregue para Taxi Driver, obra de Martin Scorsese com Robert De Niro e Jodie Foster e que é muito mais denso do que a saga do lutador.

 

Oscar 6

Responda rápido, quem é melhor diretor: Martin Scorsese ou Robert Redford? Claro que qualquer fã de cinema vai dizer que Scorsese é muito mais diretor que o esforçado Redford, mas o que levou a academia a tirar a premiação de Melhor Diretor das mãos de Scorsese e entregá-la a Redford em 1981? E pra complicar ainda mais, os filmes pelo qual eles competiam eram: Touro Indomável e Gente com a Gente. Alguém me explica o que aconteceu?

 

Oscar 7

Em 1985 o filme A Cor Púrpura foi indicado em onze categorias do Oscar. O filme é uma linda história que aborda temas sensíveis como a discriminação racial e sexual. A grande injustiça foi o fato do filme não ter conquistado nenhuma estatueta. Woophi Goldberg, em sua estréia no cinema, talvez tenha sido a maior injustiçada, pois sua interpretação merecia muito este reconhecimento.

 

Oscar 8

Forrest Gump – O Contador de Histórias é sem duvidas um grande filme, e tem muitos méritos por ter conquistado a estatueta de Melhor Filme em 1995, mas então qual é a injustiça aqui? A grande injustiça é que neste mesmo ano tínhamos mais dois filmes que mereciam muito ter essa estatueta em sua prateleira: Pulp Fiction e Um Sonho de Liberdade! Podemos então dizer que a grande injustiça de 1995 foi o Oscar não ter sido dividido em três!

 

Oscar 9

Em 1999 todo mundo ficou surpreso quando o melhor ator foi anunciado. Naquele ano Tom Hanks havia arrebentado como o Capitão John Miller de O Resgate do Soldado Ryan, Edward Norton havia feito uma das maiores interpretações de sua carreira no corajoso A Outra História Americana e Sir Ian McKellen havia impressionado com sua entrega em Deuses e Mortos… por isso que todos ficaram sem entender muita coisa quando anunciaram o canastrão Roberto Benigni como o melhor naquele ano pelo apenas simpático A Vida é Bela.

Oscar 10

1999 realmente não foi um ano feliz para a cerimônia do Oscar, alem da injustiça na categoria de melhor ator – citada logo acima – a Melhor Atriz também não foi a melhor escolha naquele ano. Gwyneth Paltrow, alem de ser muito sem graça ainda competia com Cate Blanchet (por Elizabeth) e Meryll Streep (por Um Amor Verdadeiro)… isso sem contar nossa querida Fernanda Montenegro, que também merecia ser premiada por Central do Brasil.

 

Oscar 11

Para interpretar um homem que ficou preso durante 4 anos em uma ilha deserta no filme Naufrago, Tom Hanks  deixou sua vaidade de lado, cultivou uma enorme e mal cuidada barba e perdeu 20 quilos, além disso ele dividiu a cena na maior parte do tempo com uma bola chamada Wilson… o esforço do ator foi recompensando com uma indicação ao Oscar de Melhor Ator em 2001, no entanto tudo isso não foi capaz de comover os membros da academia que acharam a interpretação de Russell Crowe em Gladiador muito mais convincente.

Oscar 12

Se um filme ganha o Oscar de Melhor Roteiro e em seguida o de Melhor Direção você pode entregar o prêmio de Melhor Filme para ele, não é mesmo? Pois é, parece meio óbvio para todo mundo, mas nada é óbvio para os membros da academia. Foi exatamente isso o que aconteceu em 2006, quando O Segredo de Brokeback Montain, do diretor Ang Lee, recebeu esse dois prêmios, mas perdeu o prêmio principal para o mediano Crash: No Limite.

Oscar 13

O ator e diretor Ben Affleck realizou um dos filmes mais aclamados dos últimos tempos: Argo, ganhador do Oscar de Melhor Filme em 2013 de maneira muito justa. A grande injustiça deste ano foi não terem nem indicado Ben Affleck ao Oscar de Melhor Diretor, muitos críticos afirmaram que ele merecia não apenas uma indicação, mas ser o grande vencedor desta categoria neste ano.

 

Oscar 14

Edward Norton, Harrison Ford, Brad Pitt, Johnny Depp, Will Smith, Leonardo DiCaprio e Tom Cruise formam um time de atores que levam multidões ao cinema, são capazes de emocionar, ficar com raiva, nos fazer rir ou chorar e mesmo assim nunca conseguiram conquistar a confiança dos membros da Academia de cinema que elegem os vencedores. Este ano DiCaprio pode sair deste time, pois está bem cotado por sua atuação em O Lobo de Wall Street… será?

 

Oscar 15

Mas temos também um time de atrizes que, assim como os atores citados acima, também reúnem todas as condições para conquistarem a sua estatueta, e mesmo assim continuam ignoradas, entre essas incríveis atrizes podemos destacar: Annete Bening, Julianne Moore, Sigourney Weaver, Scarlett Johansson, Drew Barrymore e Glenn Close.

Assista o Oscar na TNT no próximo sábado, dia 02.

Acompanhe nossa cobertura no Twitter seguindo a tag #OscarNaTNT